Uma outra ideia da idade

 

A rede LAPI da Assistência Social Adventista, IPSS, está a celebrar o seu quinquagésimo aniversário. São “50 anos de discipulado e serviço” que teve o seu início em 1968 com o primeiro Lar para Pessoas Idosas em Pêro Negro.

LAPI Norte

LAPI Centro

LAPI Sul

LAPI Madeira

Video Promocional LAPI 50 anos

Notícias

Testemunhos

  • Queria muito agradecer tudo o que de bom tem acontecido á minha mãe desde o dia em que deu entrada no Lar Adventista. Acredito piamente que foi Deus que me ajudou. Desde o dia em que a minha mãe deu entrada no mesmo, que tudo mudou, quando lá chegou não andava nem falava, apesar de a ter levado a vários médicos nenhum chegou a uma conclusão. Passado um mês aproximadamente a minha mãe já falava e ia comendo com a sua mão, aos poucos foi dando os primeiros passos.

    Filha da D. LauraCliente LAPI Madeira
  • Excelente esforço e espírito de bem servir, de contribuir para o bem estar físico e psíquico dos seus utentes. É com muito agrado que ouço a minha querida mãe dizer que se sente bem tratada. Um grande abraço.

    Fausto PrataFamiliar cliente LAPI Sul
  • O LAPI é um bom lugar para se viver, se não o fosse não viria para cá. Além disso, é uma instituição com bons princípios e uma orientação religiosa que considero muito importante; tem um espeço muito bonito e agradável.

    (D. Almerinda)Cliente LAPI Norte
  • Aqui a velhice é mais leve começando na limpeza, boas refeições, cuidados de saúde intensos, carinho de toda a gente que ali trabalha para com os utentes e familiares. Não bastam as palavras num agradecimento sincero pelo apoio dado nesta Instituição Adventista. Obrigada - Abril 2018

    Maria LuzLAPI Sul
  • Ter vindo trabalhar para o LAPI foi sem dúvida uma das grandes bênçãos da minha vida. Poder usufruir da companhia de colegas de trabalho com a mesma fé e o mesmo propósito de vida é uma mais-valia para a realização profissional e pessoal, que aqui encontrei.

    Noémi EstevesEnfermeira LAPI Sul
  • Dizer obrigado é pouco, não só por tudo o que fizeram em favor da minha Mãe, como também por este gesto para comigo. Mas, no nosso modesto vocabulário não existe outra palavra que possa exprimir todo o sentimento de gratidão. Por isso, direi "OBRIGADO" , mas com letra maiúscula.

    Eduardo MonteiroCliente LAPI Norte